Meu blog principal

Achologia

Pesquisar aqui

 

Arquivos

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

Bodas de prata

por Antonio Francisco

para Rosângela

Você foi minha primeira namorada e se tornou para mim a mais linda das mulheres. Seu rosto lindo entre brincos e colares sempre me encantaram. Você é como um lírio entre espinhos, minha querida, minha bela. Sempre foi agradável olhar para o seu rosto. Sua voz de locutora me encatava; andar pela cidade fazendo entrega de mercadorias e ouvir sua linda voz em toda casa que chegava era muito emocionante. Sempre gostei de sua voz, fui atraído por sua suavidade. Tenho vivas lembranças de seus cabelos ondulantes, seus lindos dentes brancos e completos, seus lábios vermelhos sempre deixavam sua boca belíssima. Seus pequenos seios, como dois filhotes de uma sedutora cria, sempre me foram lindos. Você é toda linda! Em você não há defeito algum. Você fez disparar meu coração. Eu vivia pensando em você e quando acordava de madrugada você era a primeira pessoa que vinha à minha mente. Você foi a primeira irmã na fé que me procurou e me ajudou a dar os primeiros passos na vida cristã. Como é bom tê-la como irmã, minha primeira e única noiva. Suas carícias sempre me fizeram e fazem muito bem, pois são muito mais agradáveis que o efeito de uma embriagante bebida. A lembrança de seu perfume continua viva e posso reconhecê-lo em qualquer lugar que senti-lo. Seus beijos excitantes tinham sabor de leite e mel extraídos de debaixo de sua língua. Mesmo falando assim, serei sempre agradecido a Deus e a você por seu recato. Você sempre se portou como um jardim e uma nascente fechados, uma fonte selada; até que chegou o dia feliz e memorável (13/02/82) em que entrei em meu jardim e pude comer o meu favo e o meu mel, minha mulher ideal, filha única e querida de sua mãe. Como era bom ver seus lindos pés sempre em sandálias novas que chegavam a me emocionar. Gosto das curvas de suas coxas, mais precisamente do lado interno das mesmas, são como obra de um artífice. Seu bumbum me encanta. Como você é linda! Como você me agrada! Seu suor me é agradável, o aroma de sua respiração tem cheiro de maçãs.

Hoje, vinte e cinco anos depois, você continua minha namorada e a mais linda das mulheres. Seus adornos continuam me agradando. Você é única, minha querida, minha bela. Seu rosto não é mais o mesmo, pois naturalmente o tempo não permite ser; sua voz tem um tom mais forte, seus cabelos já não são tão ondulados, os dentes tiveram mudanças mas continuam lindos num sorriso cativante, seus lábios e boca continuam belos, os seios ainda são lindos, mesmo depois de amamentarem nossas três filhas e enfrentarem o tempo que envelhece e deixa flácido o que costumavam ficar sempre empinados. Você continua linda. Continuo apaixonado por você. Sou atraído e me excito olhando para você que continua sendo uma irmã que me ajuda na vida cristã, bem mais agora como esposa. Continuo gostando e querendo cada vez mais suas carícias. O seu amor a Deus continua me inspirando. Quero continuar com você, apaixonado, encantado, atraído, seduzido, edificado e abençoado pelo nosso bom Deus.

Etapas (Eu te amo para sempre).

Sempre seu, Antonio Francisco.
publicado por Antonio Francisco às 15:25
link do post | comentar | favorito
"O silêncio nem sempre é de ouro; às vezes é simplesmente amarelo". "A incapacidade de ser firme é, ao meu ver, o problema mais comum no mundo hoje" - Dr. Benjamim Spock. "O lar centralizado no adulto do passado fazia dos pais senhores e das crianças, escravos. O lar de hoje centralizado na criança tem feito dos pais escravos e das crianças senhores" - Marguerite e Willard Beecher. Counter

Fev de 2007
blogs SAPO