Meu blog principal

Achologia

Pesquisar aqui

 

Arquivos

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Sábado, 24 de Fevereiro de 2007

Amor incondicional

por Antonio Francisco

Existe o tão propalado amor incondicional? Ele é real e praticável ou não passa de um anelo utópico almejado por multidões e vivido apenas no cinema, no teatro e na televisão!? Alguém me responde???

Se o amor incondicional é possível entre os mortais, o meu amor ainda está nas fraldas, pois ele é cheio de condições. Tenho facilidade de amar quem me ama, até me apaixono e enalteço a quem me quer bem. Mas como é difícil amar quem não me quer e continuar amando a quem deixou de me fazer bem. Que amor então é esse meu? Esse é o tipo mais inferior de amor. Ele é praticado até pelos maus. Sempre se ama a quem ama enquanto ama, difícil é amar quem deixou de amar ou não está amando quando o nosso amor deve entrar em ação.

É possível fazer muitas coisas sem amor: é possível ser poliglota entre os povos e comunicar-se até com os anjos sem amor. Mas o som emitido não é claro quando falta amor. Ele soa apenas como barulho; é possível ser sábio, entender de mistérios, ter uma fé tal que opera em dimensões sobrenaturais. Mas, sem amor, não vale nada; é possível dar tudo de si para os pobres e entregar o próprio corpo para ser queimado por uma causa nobre sem amor. Mas sem amor isso não vale nada.

Então, o que é o amor? Onde está esse amor incondicional? Esse amor que é paciente, bondoso, que não inveja nem se orgulha, que não maltrata nem procura os seus interesses, que não se zanga facilmente nem guarda rancor. Onde encontro o amor que não se alegra com a injustiça, e sim com a verdade!? Quero ver ainda alguém amando ao ponto de sofrer tudo por outra pessoa, que acredita sempre no melhor do próximo, que espera sem nunca desistir, e que suporta qualquer situação por mais difícil que seja, até as últimas conseqüências. Continuo perguntando: Onde encontrar o amor que jamais acaba?

Acredito que existe esse amor, pois Deus assim o diz. Ele é possível, é praticável, mas é inatingível sem uma ação direta de Deus em nós. Preciso do mover sobrenatural do Espírito Santo em minha vida para que esse amor me seja possível. Já sei que meu esforço e conhecimento não o atingirão, pois ele não é resultado do que faço, é fruto do que Deus faz em mim.

Nessa condição, sei que é possível amar além do nível comum e interesseiro. Como fruto do que Deus faz em mim, posso amar e experimentar a verdadeira alegria e paz, ser paciente e amável, bondoso e fiel, manso e equilibrado. Sei que esse proceder é cabível em qualquer lugar, pois não há censura para o amor. Ajuda-me Senhor!!!

Referências bíblicas: 1 Coríntios 13.1-8; Gálatas 5.22-23
publicado por Antonio Francisco às 20:14
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

Você conhece o Livro?

por Antonio Francisco

"Como eu amo a tua lei! Medito nela o dia inteiro"
(Sl 119.97).

Leio a Bíblia há quase trinta anos. Ela continua sempre atraente para mim. Estou sempre extraindo coisas novas de suas páginas. Ela é viva e eficaz em meu viver. Não estou escrevendo para defender a Bíblia, ela não precisa de defensores, pois sabe se defender muito bem. Escrevo para expressar minha alegria de tê-la como fonte de alimento espiritual, pois como disse Jesus: "Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus" (Mt 4.4).
 
(+) Leia mais...
publicado por Antonio Francisco às 21:33
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

Como a água

por Antonio Francisco

Quero ser como a água que vence seus obstáculos, que apaga o fogo do ódio, e mesmo se evaporando pode voltar a ser líquida ou sólida, assim quero ser;

Quero ser como a água que não é mole, ela é maleável e adaptável ao seu contexto, e tem a força de pressionar e superar as suas barreiras pela frente;

Quero ser como a água que mesmo presa não se deixa dominar pelos limites impostos, ocupando todo o espaço que lhe for permitido chegar e continuar;

Quero ser como a água que não desiste, pelo contrário, persiste e chega onde quer chegar, com voz ou no silêncio que age enquanto todos param pra ver;

Quero ser como a água que leva e lava. Leva o que de outra forma não sairia do lugar, e que lava a sujeira de quem não poderia se limpar, assim quero ser;

Quero ser como a água que humildemente desce, mas sabe subir quando dificuldades encontra, pois conhece seu caminho e sabe abrir novos rumos;

Quero ser como a água que enfrenta ondas impuras mas que mantém na fundura a essência do que é, jogando para fora toda sujeira pela força das marés;

Quero ser como a água que se junta a outras águas prolongando seu curso, aumentando sua força no caminho a prosseguir e criando um oceano sem fim;

Quero ser como a água que dessendenta, que refrigera, que purifica, que dá energia para movimentar o progresso que de outra maneira tudo estagnaria;

Quero ser como a água que sabe mudar sem parar, e nunca perder a natureza de ser o mesmo ser que muda como a essência da água, assim quero ser.

publicado por Antonio Francisco às 12:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2007

Os apaixonados

por Antonio Francisco

Os apaixonados são fracos, porque desfalecem de amor, ao mesmo tempo são invencíveis, pois o amor jamais acaba. O amor é inegociável. Nenhuma roupa substitui o afago, nenhuma jóia vale mais que as carícias de quem ama, o luxo vira lixo quando falta a gentileza, a diversão não alegra se faltar a amizade entre os amantes.

Os amantes se expõem, se dão, se entregam mutuamente. Entre eles tudo fica nu no mistério do amor. É uma nudez oferecida, mas não vulgarizada, percebida, mas nunca comum, pois sempre atrai, excita e faz bem. Os amantes não escondem a sede e a fome de satisfação que somente no outro isso pode acontecer. A mulher vibra em ser possuída, enquanto o homem se maravilha em a possuir.

Deus um ao outro entregou, para o companheirismo, amizade, comunhão, fraternidade, e também para o gozo embriagante do prazer sexual. Por que negar algo tão bom, saudável, divino e que nunca atrofia!? Drummond já dizia: "O que se passa na cama é segredo de quem ama". Não troco minha cama por nada, pois lá está a minha amada.

publicado por Antonio Francisco às 00:24
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

Bodas de prata

por Antonio Francisco

para Rosângela

Você foi minha primeira namorada e se tornou para mim a mais linda das mulheres. Seu rosto lindo entre brincos e colares sempre me encantaram. Você é como um lírio entre espinhos, minha querida, minha bela. Sempre foi agradável olhar para o seu rosto. Sua voz de locutora me encatava; andar pela cidade fazendo entrega de mercadorias e ouvir sua linda voz em toda casa que chegava era muito emocionante. Sempre gostei de sua voz, fui atraído por sua suavidade. Tenho vivas lembranças de seus cabelos ondulantes, seus lindos dentes brancos e completos, seus lábios vermelhos sempre deixavam sua boca belíssima. Seus pequenos seios, como dois filhotes de uma sedutora cria, sempre me foram lindos. Você é toda linda! Em você não há defeito algum. Você fez disparar meu coração. Eu vivia pensando em você e quando acordava de madrugada você era a primeira pessoa que vinha à minha mente. Você foi a primeira irmã na fé que me procurou e me ajudou a dar os primeiros passos na vida cristã. Como é bom tê-la como irmã, minha primeira e única noiva. Suas carícias sempre me fizeram e fazem muito bem, pois são muito mais agradáveis que o efeito de uma embriagante bebida. A lembrança de seu perfume continua viva e posso reconhecê-lo em qualquer lugar que senti-lo. Seus beijos excitantes tinham sabor de leite e mel extraídos de debaixo de sua língua. Mesmo falando assim, serei sempre agradecido a Deus e a você por seu recato. Você sempre se portou como um jardim e uma nascente fechados, uma fonte selada; até que chegou o dia feliz e memorável (13/02/82) em que entrei em meu jardim e pude comer o meu favo e o meu mel, minha mulher ideal, filha única e querida de sua mãe. Como era bom ver seus lindos pés sempre em sandálias novas que chegavam a me emocionar. Gosto das curvas de suas coxas, mais precisamente do lado interno das mesmas, são como obra de um artífice. Seu bumbum me encanta. Como você é linda! Como você me agrada! Seu suor me é agradável, o aroma de sua respiração tem cheiro de maçãs.

Hoje, vinte e cinco anos depois, você continua minha namorada e a mais linda das mulheres. Seus adornos continuam me agradando. Você é única, minha querida, minha bela. Seu rosto não é mais o mesmo, pois naturalmente o tempo não permite ser; sua voz tem um tom mais forte, seus cabelos já não são tão ondulados, os dentes tiveram mudanças mas continuam lindos num sorriso cativante, seus lábios e boca continuam belos, os seios ainda são lindos, mesmo depois de amamentarem nossas três filhas e enfrentarem o tempo que envelhece e deixa flácido o que costumavam ficar sempre empinados. Você continua linda. Continuo apaixonado por você. Sou atraído e me excito olhando para você que continua sendo uma irmã que me ajuda na vida cristã, bem mais agora como esposa. Continuo gostando e querendo cada vez mais suas carícias. O seu amor a Deus continua me inspirando. Quero continuar com você, apaixonado, encantado, atraído, seduzido, edificado e abençoado pelo nosso bom Deus.

Etapas (Eu te amo para sempre).

Sempre seu, Antonio Francisco.
publicado por Antonio Francisco às 15:25
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007

Minha pequena gigante


por
Antonio Francisco

Para Renira

Eu quero fazer rima, poesia e muito mais
gostaria de me expressar bem mais do que sou capaz
hoje o dia é favorável para expressar sentimento
lágrimas e voz embargada, mas nada de lamento

É bom ver os meus frutos desabrochando e crescendo
ampliando os horizontes sempre se desenvolvendo
o ninho é muito bom, mas tem tempo pra acabar
quem fica sempre em casa pode se acomodar

Fomos feitos para crescer, multiplicar e dominar
onde quer que estiver faça dali o seu lar
os filhos são como flechas na mão de um guerreiro
acredito que com você posso dar tiro certeiro

Seu nascimento dia primeiro não foi algo casual
você encerrou a madre por não vir ninguém igual
o seu brilho é diferente, não posso guardar segredo
você demonstra na vida que no amor não há medo

Vá nessa sua força minha pequena gigante
vamos continuar juntinhos mesmo estando distante
sua conquista é minha vitória, seu triunfo minha história
aqui somos peregrinos, nosso destino é a glória.
 

publicado por Antonio Francisco às 22:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
blogs SAPO